Pesquisa encontra soluções mais baratas para compatibilidade eletromagnética

Recém-formado no curso de Engenharia Eletrônica e de Computação da UFRJ, Leonardo Alvim, Engenheiro da INOVAX, recebeu 10 com louvor em seu trabalho de conclusão de curso. Leonardo escolheu o tema “Projeto de Conversores de DC-DC e Compatibilidade Eletromagnética” que é pouco explorado e poucas vezes visto na graduação.

A Compatibilidade Eletromagnética é a capacidade de um equipamento não atrapalhar o funcionamento de outros componentes ou não causar interferências. Segundo Leonardo, as soluções comumente usadas para resolver problemas de compatibilidade eletromagnética são caras, como circuitos externos e gabinetes metálicos, e seu trabalho objetivou encontrar soluções mais econômicas e eficientes.

“Este é um problema muito recorrente no mercado. É algo bem atual. Pesquisei formas mais baratas para resolver a questão por circuito de baixo custo, usando componentes de custo irrelevante para a empresa se comparados às soluções atuais que são muito caras. Será mais um diferencial para a INOVAX em termos de mercado” afirmou Leonardo.

Leonardo disse ainda que escolheu o tema por estar relacionado ao trabalho que realiza na INOVAX e já conseguiu inclusive aplicar a sua pesquisa na empresa de forma bem-sucedida. “Recebemos treinamento para usar uma ferramenta de simulação para testar os circuitos e já conseguimos aplicar o estudo em um protótipo de uma unidade retificadora”, disse Leonardo, lembrando que também estiveram envolvidos no projeto os estagiários Igor Vital e José Vitor Leite.

Leonardo também observou que a pesquisa o ajudou a crescer não só profissionalmente, mas também pessoalmente. “Aprendi um pouco a buscar as coisas por conta própria, a ser mais proativo e autodidata. Além disso, foi muito gratificante poder unir o estudo com o meu trabalho” afirmou.

O trabalho está disponível para consulta no site da Escola Politécnica da UFRJ: http://monografias.poli.ufrj.br/monografias/monopoli10007466.pdf