Data centers modulares garantem eficiência energética

Data centers modulares e pré-fabricados são significativamente mais baratos e eficientes em energia do que os tradicionais. A conclusão é do relatório do The Green Grid, entidade internacional que trabalha para encontrar a melhor maneira de medir o uso de energia em data centers.

O documento, intitulado “Deploying and Using Containerized/Modular Data Center Facilities”, afirma que essa abordagem para construção de data centers elimina a despesa de engenharia e arquitetura personalizada. Ambientes modulares também tendem a usar equipamentos de maior densidade de TI que necessitam de menos espaço e, consequentemente, menos construção.

Além disso, diz o estudo, as estruturas pré-construídas podem oferecer melhor desempenho porque os defeitos estruturais são eliminados no início do processo de design. A maioria dos data centers modulares é otimizada para a eficiência energética, com as cargas de calor localizadas perto da estrutura de resfriamento, o que significa que menos energia é necessária para essa tarefa. Muitos também são projetados para tolerar maior variação de temperatura e umidade.

Menos custos de energia e processos de manutenção otimizados inevitavelmente resultam em menor custo operacional, afirma o relatório.

“A linha de montagem revolucionou a fabricação e muitos bens comerciáveis, criando eficiência em termos de custo e desempenho”, afirma Tim Mohin, membro do conselho do The Green Grid e diretor de responsabilidade corporativa da AMD. “A revolução está acontecendo agora nos data centers, resultando em maior potencial de redução de custos e aumento da eficiência energética”, completa.

A abordagem modular vem com uma série de outros benefícios, segundo o estudo do The Green Grid. Entre eles, redução do time to market, simplificando o processo de atualização, e diminuição dos riscos associados à realização de atividades de integração em um data center operacional.

O The Green Grid reconhece que há uma série de preocupações comuns relacionadas à confiabilidade dos data centers modulares. No entanto, o documento afirma que os módulos podem ser feitos para serem tão seguros quanto os data centers tradicionais, que contam com sistemas de alarme e, na maioria dos casos, é mais fácil e menos trabalhoso construir um módulo seguro do que projetar toda uma estrutura.

“Com a quantidade de dados que criamos mostrando sinais de crescimento significativo a cada ano, as empresas de todo o mundo estão procurando maneiras de maximizar os recursos à medida que são confrontados com mais informações para armazenar e manter”, afirma Mark Monroe, diretor-executivo do The Green Grid. “O data center modular é alternativa cada vez mais popular, já que é mais rentável e pode ser equipado com maior densidade, tecnologias de redução de energia que também diminuiu custos, bem como espaço.”

Fonte: Computer World

Advertisements